sexta-feira, 5 de setembro de 2008

talvez seja só uma fase na nossa vida,

...eu disse quando falava com uma amiga no messenger, ao tentar explicar porque não podíamos ser namorados.
ia dizendo que certas pessoas são apenas fases na nossa vida, assim como também somos fases na vida das outras pessoas.
pronto, falei. talvez seja extremamente frio falar dessa forma, e desatar os laços entre o romantismo e o destino. parando pra pensar, realmente é fato que certas pessoas parecem só ter aproveitado algo nosso e dado o fora. mas outras tantas nos ensinaram muita coisa importante. chegamos à maturidade por causa delas, seja por um antigo chefe que lhe ensinou o que é ser responsável, ou por aquela namorada que te mostrou o que é bom(e ruim) de fazer pra alegrar o outro (ou pra se desculpar por alguma bobagem)... de forma ou outra, algo aprendemos, algo elas passaram de bom.
foram embora depois disso, realmente é uma pena. temos aquela sensação que nos afastamos de algo que talvez fosse bom ter ao nosso lado até o fim da vida. trágico. faleceu sua cachorrinha, sua irmã se mudou . é, algum vazio se formará naquele quebra-cabeças que vc montava. o encaixe vai ter q ser alterado pra outra peça entrar ali. esse é o momento em que percebemos que aprendemos algo, porque teremos mais informações na busca pela nova peça. então os encaixes podem sofrer alteração pra caber naquele vazio que se moldava.
(adoro metáforas, só acredito ser claro com elas.)
perfeita aquela frase: "tudo que é bom dura tempo suficiente pra ser inesquecível", porque depois acaba.
sem drama.

Um comentário: